Guerra entre carteis de droga fora de controle no Mexico

Cidadãos Mexicanos estão tomando por si mesmos a atitude de reportar a batalha com armas entre traficantes de drogas, enquanto os principais meios de media não  estão publicando os mesmos e os oficiais de estado local alegam que a situação esta calma. O vídeo  acima foi gravado no dia 27 de fevereiro no sábado e postado no Youtube, para mostrar o resultado do acontecido, que de acordo com  a pessoa que filmou, teve a duração de 6 horas.

O vídeo mostra que pelo menos 10 SUV`s-  veiculo utilizado pelo os carteis de drogas – por  toda a estrada, quase todos  tem buracos de balas e suas portas abertas como se alguem tivessem saído com pressa. Há também cidadãos em veículos em meio a troca de fogo. O narrador que estava filmando,  diz que um caminhão tanque de combustível estacionado, também tem buracos de balas.

 Um homem dirigindo o carro enquanto a mulher filma a situação caótica, presumidamente pela camera de seu celular, aponta a carnificina deixada pela violenta troca de fogo.
Cartuchos usados espalhados pela pista, a qual o narrador diz ser de um`cuervo de chivo`, que e uma gíria para AK47,  e literalmente chamado ` chifre de bode`. Quando o carro passa por um par de sapato deixado na estrada, o narrador diz:  ` tem muitos cartuchos em volta, com certeza eles devem ter levado o garoto em pedaços`.  O carro então espera na barreira da policia e quando eles passam, você pode ver o que parece ser um corpo morto entre dois carros  SUV`s perfurados por balas.

Pouco foi reportado sobre esse confronto pelo o jornal local ou nacional, fortalecendo o rumor de que a mídia tinha sido sido ameaçada para manter a operação acontecida em silencio, do contrario  a mesma sofreria severas consequências. Os carteis estão agindo sob impunidade. Em Reynosa, uma  das maiores  cidades do estado, um homem ainda jovem, foi visto carregando um rifle em suas mãos na rua. Muitos tem mudado de cidade, enquanto aqueles que tendem em ficar, procuram não se aventurar mais do o que necessário fora de casa. A economia do local tem sofrido e o video mostra a desolação quando o carro passa por cidades onde `nem se quer o sinal de transito funciona`. No mês passado um jornalista local reportou que vários prefeitos de cidade e municipalidades em Tamaulipas, moram nos Estados Unidos ,com isso tendo que atravessar  para o México todo dia . O consulado dos Estados Unidos em Monterrey, aconselhou Americanos cidadãos  a não viajar para aquela área, por causa da violência. 

O Governador de Tamaulipas publicou um memorando na semana passada para os cidadãos da fronteira do estado, dizendo que, eles não deveriam dar atenção aos rumores espalhados através de websites sociais sobre a violência.  Uma comunidade no Twitter chamado `Twitter Cartel`, tem documentado a violência que o governo afirma não estar acontecendo . Um dos usuários postou fotos de um grupo de quatro Atiradores de Elite, vestidos com uniformes militares dos Estados Unidos, e armados com poderosos rifles e uma grande quantidade de munição. Os comentários  feitos sobre as fotos, criticam o governo por afirmar que a situação esta sob controle. Outro grupo o Facebook chamado` Eu amo a verdade, por isso não leio o The Morning`, referindo-se ao jornal local de Reynosa.
O crescimento da violência tem sido atribuída a guerra por território entra os Zetas e seu parceiro de negócios Gulf cartel. Onde este ultimo, supostamente, convidou La família Mechoacana e o Sinaloa Cartel para ajuda-lo a tirar os Zetas da área. De acordo com fontes, 1300 Zetas mudaram para a área, ja de pequenas batalhas estão se formando pelo controle das cidades de Valle Hermoso, Reynosa, Guerrero, Miguel Aleman, Ciudad Mier e Valadeces. Os Zetas são uma organização criminal formados por  desertores das Forcas Especiais do Mexico e Guatemala, muitos deles tiveram ainda treinamento militar. Os mesmos são conhecidos por sua brutalidade, frequente torturas e por decapitar de seus rivais.

Um oficial de inteligencia dos Estados Unidos afirmou que houveram numerosas guerras com armas durante o final de semana, depois que um comboio com 20 SUV`s estampado: CDG(Cartel Del Golf), nas laterais, foram a procura ao `comando de matar` dos Zetas. Informações ainda não confirmadas mencionam ataques de granadas em delegacias e também  em uma parte do vídeo, o narrador menciona que, na guerra de tiros, tiveram por volta de 20 detonação de granadas, consecutivas.

A região da fronteira Mexicana tem se tornado uma zona de guerra, igual ao que esta acontecendo em Iraque e Afeganistão.  Um grande numero de homens armados, tem criado uma comunidade onde eles podem agir livremente sem impunidade e impondo sua própria lei. As autoridades parecem não ter poder para impedi-los e cidadãos são abandonados com medo. Como o vídeo mostra, normais cidadãos Mexicanos setem-se abandonados não somente pelo governo, mas também pela mídia. Mas contudo, eles tem a necessidade  de mostrar para o mundo o que esta acontecendo por trás da porta da América.