Você Pagaria Mais por uma Feira Comercial de Cocaína?

As pessoas gastam mais por grama de cocaína do que com qualquer outra droga, com uma média global de 80 ($91) por grama. Embora, a maioria dos ganhos econômicos não chega ao principal país de origem, a Colômbia.

A produção da folha de coca na Colômbia alcançou níveis recordes e rotas de suprimento cada vez mais diversificadas e várias organizações de tráficos organizado tiveram ampla disponibilidade e maior pureza em todo o mercado europeu. O comércio de cocaína em 2018 está crescendo. Embora o uso da cocaína possa levar à dependência e inúmeros danos à saúde incluindo morte, o custo do sistema de controle de drogas internacional e das políticas nacionais implementadas são muito maiores.

A Comissão Global de Política de Drogas foi criada por ex-chefes de Estado e altos funcionários da ONU em resposta aos custos humanos contínuos das políticas de drogas fracassadas. Recentemente, eles apresentaram alternativas de controle, alternativas que ajudariam a combater os danos à democracia e diminuiriam o poder destrutivo do crime organizado que causa centenas de milhares de mortes todos os anos, a perda de oportunidades para os que se encontram em gangues e comunidades que se encontram impotentes para aproveitar o valor financeiro de sua safra.

Depois de sete anos liberando relatórios e sinalizando as muitas falhas do atual modelo de controle de drogas, eles apresentaram um relatório que destaca um claro contrapeso à proibição: regulação, a responsabilidade do controle de drogas. Não há dúvidas de que este é o único caminho que possibilita às pessoas direitos humanos, saúde e desenvolvimento no centro das políticas de drogas.

 Pelas leis existentes é difícil ter conversas honestas sobre drogas. A ideologia cega muitas pessoas a aceitar a realidade de que, para muitos indivíduos, o uso de droga desempenha um papel importante e positivo em suas vidas, muitas vezes por alguns anos, e que para a grande maioria das pessoas o uso de drogas é uma atividade episódica e bastante rara.

Dados dos últimos quatro anos da Pesquisa Global de Drogas sugerem que 75% das pessoas usaram cocaína e a maioria das outras drogas (além da maconha) 12 ou menos vezes no ano passado. Essas pessoas tendem a ser cidadãos que cumprem as leis, têm trabalhos, família, eles podem estar no futebol, pesca, boates, yoga, podem até ser veganos. Mas, como a cocaína é ilegal, se eles optarem por usá-la, não terão outra alternativa senão apoiarem indiretamente o crime organizado, o tráfico humano, e um mercado ilegal. Baseado em evidências anedóticas e pesquisas contínuas com pessoas que usam drogas, a maioria prefere que isso não aconteça.

Um componente adicional que daria suporte a um mercado regulamentado é o desenvolvimento de novas diretrizes para apoiar a auto-regulação, como a Pesquisa Global de Drogas já fez com a cannabis em www.saferuselimits.co. Na verdade, temos informações de dezenas de milhares de pessoas que usam cocaína que poderiam ser usadas para desenvolver o mesmo– e quando o financiamento chegar, nós o criaremos. 

Tais diretrizes seriam uma contribuição útil para uma possível regulamentação da cocaína para uso recreativo. Mas diferentemente da cannabis ou do MDMA – onde a produção pode ser feita no mesmo local que a distribuição – a regulamentação da cocaína exigiria acordos entre os países produtores como a Colômbia e regiões de tráfico e consumo como México, Estados Unidos e Europa.

Baseado nisso, em Março de 2018, nossa parceiros da Pesquisa Global de Drogas na Colômbia e no México sugeriram que incluíssemos algumas perguntas sobre se as pessoas que usam cocaína estariam dispostas a pagar mais pela “ética” e um “comércio justo” de cocaína. Acreditamos que essa pode ser uma questão muito interessante.  

Portanto, neste ano queremos saber, você pagaria mais pela cocaína se soubesse que ela veio de uma mercado regulado (até mesmo de uma feira comercial ), sem a destruição inerente e o caos de um mercado ilegal. E se sim, quanto a mais você pagaria?

Participe do GDS2019 e nós diremos se as pessoas querem se tornar mais éticas quando usam cocaína e quanto mais estão dispostas a pagar por isso. Apenas por diversão, também descobriremos se os veganos teriam maior probabilidade de pagar mais pela feira comercial de cocaína do que os comedores de carne.

Participe do GDS2019: www.globaldrugsurvey.com/GDS2019